Translate this!

terça-feira, 15 de março de 2011

Sim. Sou Gay e Homofobico.

Vivemos lutando com faixas, banners e aos gritos nas vias públicas pedindo a criminalização da Homofobia no Brasil. É certo que sejam criminalizadas ações contra a vida de qualquer ser humano, pricipalmente quando este contribuinte da RECEITA FEDERAL é gay.




Precisamos nos defender dos Cristãos fanáticos, dos Loucos homofobicos, dos grupos de jovens marginalizados (tanto faz os da Classe A ou da classe D).


Gritamos por Justiça e aquela velha Frase: Não a Homofóbia!


Agora para tudo, aliás, para o Mundo.



Sim, Todo Gay é HOMOFÓBICO ou não?


Encontrei uma definição interessante sobre o assunto no web blog misterios do orgasmo em relação a homofobia entre gays:


"A homofobia é um problema sério na sociedade, e se analisarmos o fenômeno com muito cuidado, constatamos que boa parte dessa homofobia parte dos próprios homossexuais. A comunidade que devia entender e proteger uns aos outros, é a que mais rotula, discrima e agride seus semelhantes. A discriminação vinda de um gay é infinitamente pior - pelo requinte de crueldade e estupidez - do que oriunda de um hetero."

Antes de atirar pedras ou sair do blog revoltado, leia o conteúdo.

Há algumas semanas venho analisando diversos contextos, sejam só, com amigos, conhecidos e similares, e vejo que o precoceito que tanto sofremos vêem do próprio Homossexual.

No Carnaval de Salvador e outros pelo Brasil e no ultimo final de semana, isso ficou latente numa via pública de Salvador.

1º Fato:

Na quarta feira de cinzas do Carnaval de Salvador, no beco mais disputado entre os Gays, Lesbicas, Travestis e Trans, o Beco do OFF, situado na Orla de Salvador, um Gay agrediu dois travestis após, aliás, durante uma entrevista ao reporter de uma emissora local.

Tudo porque o Travesti Patricia estava vestido de Mulher Maravilha, lançando o ar da sua graça no Beco e animando a entrevista. Simplesmente do nada o gay já entra no papo com tom agressivo e pejorativo (Isso aconteceu, pois a vitima é Travesti) enquanto o reporter entrevista o Travesti, o gay ofendeu o ser humano e depois de uma reação de defesa da vitima, o gay agressor e homofobico. A atitude dele é altamente homofobica, pois em nenhum momento a vitima teve direito de defesa e ficou claro que não houve uma via de diálogo e consenso.

As cena a seguir é horrivel, pois a agressão é violenta e deixar qualquer ativista do Direitos Humanos ou militante da Causa Gay assustado.









Todo gay é Homofobico?


2º Fato

No ultimo final de semana, estava com alguns amigos gay numa via pública, galera de todas ou quase toda tribos no local.

D' repente eu estava do outro lado da pista bebendo uma Roska com amigos e bateu aquela vontade de comer algo, e a alguns metros estava vendendo uma coxinha de batata (Uma delicia)

Fiquei na vontade, pois a minha Homofobia não permitia eu aproximar do local, pois, existia um grupo de gayrotas (espécie de evolução de gay para travesti) ao redor da banca de salgado. Sim, eu fiquei na vontade, e veja que conheço e tenho uma boa relação com alguns, somente alguns, contado no dedo com travesti ou melhor pessoas em fase de evolução para o transexualismo.


Em paralelo alguns amigo começaram a Gongação com este grupo, mas graça a deus, tudo ficou na risada suja e podre de preconceito homofobico.


Todo gay é Homofóbico?

Sim, eu tenho meus momentos, e você não é.. hahahaha.


Graça a deus existem gays que não são homofobico e convive em harmonia com a diversidade e pluralidade de seres humanos.



1 .Quando um gay passar por você e não rolar aquela identificação?


R: Xurria, Gongação com o gay


2 .Quando um travesti ou trans está na rua, qual a sua reação?


R: Xurria, Gongação com o ser humano


3. Quando o gay morar na Periferia ou favela?


R: Xurria da Bravas


4. Quando o gay sofre com escassez de beleza?


R: Isolamento e Xurria pesada


5. Quando aquele gay (Maria- Mole, viadinho, passiva, cabrunco, FDP e Feminina) passar por voce, qual a sua reação?


R: Eu preciso responder??



Tudo que é diferente de nós ou do nosso convivio, provoca desconforto e como reação de auto defesa:

Somos preconceituosos?

Agora, engraçado...

Ninguem nasce Homofóbico, o contexto e o dia - a - dia transformar cada um de nós em seres humanos preconceituosos e Homofóbicos.


Ou seja :


"Nem todo gay gosta música eletrônica, nem todo gay gosta de ir a uma balada pra ver gogoboy, ir pra dark room pra chupar pica; nem todo gay é fã ardoroso de Lady Gaga, Britney e Madonna. Nem todo gay é futil, vulgar e ignorante. "


"Somos preconceituosos e isso é um fato. No íntimo, em algumas situações, invejamos àqueles que vivem sua sexualidade naturalmente e não somos humildes o suficiente para utilizar a experiência e a vivência dessas pessoas em benefício próprio. Temos medo da liberdade! (Armário X, artigo "Afeminado? Tô fora!", Moa Sipriano"



Encerro com uma frase que um amigo no Messenger:
" Todos nós nascemos originais e morremos cópia"


Você é uma cópia capitalista e Homofóbico.



Até Terça feira & Todos os dia no Portal Gmaxado.blogspot.com

*Xurria: O mesmo de Gongação, falar do outro de maneira pejorativa, ofensiva na esportiva.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 comentários:

DPNN disse...

Todas as pessoas são preconceituosas, é algo característico do ser humano diante do desconhecido. O gay sempre se acha livre de preconceito, mas é só hipocrisia. O importante é sempre aprender com as situações e procurar diminuí-los, mas deixar de ter preconceito não existe.

Mas uma coisa que a gente precisa desmistificar: não é só porque eu sou gay que eu preciso gostar ou me identificar com todos os gays da face da terra. Em muitos quesitos, tenho muito mais afinidade com aspectos que vejo nos heterossexuais do que em gays. Isso não é preconceito, é apenas fato.

G.Machado disse...

Verdade, caro leitor, nem todo gay gosta da Madonna, ou da Gaga ou da Mariah.

Precisamos viver em harmonia e respeitar o espaço e o direito do outro. Ter preconceito com um grupo ou situação, não significar ser homofobico, desde que evite agressões fisicas e psicologica.

Vamos viver a nossa diversidade.

Muriel disse...

Veja com quem voce anda e vos direi quem é.

Essa é a realidade, se anda com ladrão vc é ladrão, puta é puta, viado é viado, saptaão é sapatão, corno é corno, gay é gay, malhado é malhado, otário é otário, mão de vaca é mão de vaca e vai..!

»» Lya «« disse...

Olá pessoal do SAV, porém a mensagem é mais direcionada para o próprio autor G. Machado... Gostaria de ressaltar alguns pontos e colocar uma "aspas" em teu texto, concordo contigo quando diz que homossexual preconceituoso é o pior de todos... Somos nós mesmos sendo preconceituosos com pessoas que passam pelo que nós já passamos (na maioria das vezes). É fato, precisamos mesmo viver em harmonia...

Mas o ponto é... Não posso falar dos outros posso falar somente de mim, sou lésbica e tinha um preconceito gritante com travestis, achava o cúmulo e não aceitava e ponto! Entrei no meio do movimento social, fazer caminhadas, participar de protestos e de ONG's, conheci diversas pessoas e dentre essas pessoas conheci também várias travestis e que ensinaram-me que o meu preconceito era na verdade um pré-conceito... Hoje posso dizer, tenho como amiga uma travesti e que gosto muito dela!

Porém aí entra a ressalva "as aspas" em teu texto, quando vc refere-se a "travesti" utiliza-se de pronomes masculinos e uma coisa que aprendi no meio do movimento elas querem ser reconhecidas pelo gênero feminino, mesmo sem querer é um tipo de preconceito que é feito ao não aceitarmos isso...

Desculpe sei que não sou ninguém para corrigir, porém quando vc trabalha e convive e aprende a respeitar, coisas assim (pelo menos pra mim hoje) são vistas como o preconceito, pois é isso que elas acham!

Qualquer coisa... pode passar lá no blog se quiser conversar sobre!

G. Machado disse...

Ola Lya,

Então, compreendo a suas aspa e tem todo direito de inserir, é seu Ponto G de leitora.

Outra coisa, você é alguem, sim, voce é uma leitora do Sav ou seja, pode e deve expor a sua opinião, apresentar dados e fatos, questionar e não ser a favor ou ser em relação a alguma informação.

Sobre os termos, a intenção foi transmitir ao leitor, no caso LGBTT e H, que existe o preconceito entre nós, seja entre os gays com as travesti, seja entre lesbica e gays, entre travesti e transsexuais ou com transformista.

Preconceito esse que veste roupa e apresentar mascara diferentes, seja numa atitude, como exposta no video, seja no comportamento em ambiente sociais, seja escrevendo um texto, e tudo isso, baseada numa imersão social, ou seja, Fui um policial da minhas atitude durante 10 dias, e vejo o quanto sou Preconceituoso com a maioria dos travesti e com didadãos da comunidade LGBTT, agora, deixar claro que preconceito é uma coisa, Agressão fisica, psicologica é outra e por isso sou a favor da lei que criminalizar a Homofobia, mas mantenho e milhares de cidadãos LGBTT uma postura preconceituosa.

Infelizmente, essa foi algumas conclusões, espero melhorar e diminuir tal doença social dentro de me chamada homofobia social, por enquanto fico por aqui.

Abraços coliridos

Ponto G.

G. Machado disse...

Existe preconceito em qualquer humano, entre brancos e negros, probres e ricos, norte e sul, leste e oeste, todo os locais. Já entre os gays, isso é maior, e qndo a vitima é travesti ou uma gayzinha afetada ou uma mutação, coitada, sofre o pão que o diabo não estava afim de amassar!

Graça a deus, maioria, eu acho, dos gays não tem preconceito, pois lutamos pela igualdade.

Postar um comentário

 
Powered by Blogger