Translate this!

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Em quem votar nestas eleições?


A sensação de nausea diante do ultimo debate politico na tv record no dia 28/09/2014 causada pelo candidado a presidente (Pois é, CANDIDATO A PRESIDENTE) Levy Fidelix é tão grande que me vi obrigado a reativar o SAV depois de anos.

Sem mais delongas, sei que muita gente em várias regiões do pais não sabem em quem votar, e é realmente muito preocupante essa falta de consciencia politica da população LGBT, não somos tão minoria assim e precisamos mostrar isso, somos cidadãos, pagamos impostos tanto quanto qualquer pessoa, não podemos e não vamos mais ser humilhados, tradados como cidadãos de segunda classe, precisamos nos unir ou seremos massacrados por ignorantes e fundamentalistas religiosos.

Sempre escolhi meus candidados de acordo com suas propostas para o pais, independente da visão LGBT, mas infelizmente não podemos mais nos dar a esse luxo, a realidade é outra, é cruel, evangelicos se unem e votam pelos próprios interesses criando uma imundiça bancada religiosa, o fato é que estamos colocados contra a parede e precisamos reagir, lutar contra a homofobia é literalmente uma questão de vida ou morte.
 
Acredito que muita gente aqui ainda não sabe em quem voltar, e hoje eu descobri um site maravilhoso, que promove uma lista dos candidatos pró as causas LGBT divididos por estados e cargos a que concorrem, o site é:

http://www.votelgbt.org/

Se com essa postagem eu puder ajudar pelo menos uma pessoas estarei feliz, a hora é essa, vamos mostrar que existimos e temos poder de voto!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Estão com saudades?

Que tal subirmos a Hashtag no face e ver o que acontece hein?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 9 de junho de 2013

Manobra ou não A votação da cura gay é Adiada na CDCHM


Após adiamento de votação da cura gay, Feliciano diz que homossexualidade não é doença.

“O projeto foi tratado de maneira maliciosa e desonrosa até. O projeto não tem nada a ver com o nome maligno que deram a ele de 'cura gay', porque ele não cura nada, até porque isso não é doença, isso é uma orientação sexual”, afirmou o deputado. Na avaliação dele, o projeto “protege os direitos da pessoa que quer aliviar a sua angústia interior e protege o profissional que quer atuar com liberdade e isso hoje não acontece”.


Felizmente, caminha a passos lentos na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados (CDHM) o projeto que permite a chamada “cura gay”, com parecer favorável de seu relator, o deputado federal Anderson Ferreira (PR-PE). De autoria do deputado federal João Campos (PSDB-GO), a Proposta de Decreto Legislativo (PDC) 234/11 estava em pauta para ser votada já na última terça-feira, 4 de junho, mas teve sua votação adiada.

O adiamento se deu com pedido conjunto de vistas dos deputados Simplício Araújo (PPS-MA) e Marcos Rogério (PDT-RO). “Eu vejo que há um conflito muito grande. Não existe uma sintonia em torno do projeto. Portanto, eu não me senti seguro e preferi adiar essa votação”, afirmou Simplício, segundo a Agência Câmara.
O deputado considera que seu pedido de vista não foi um truque para adiar a votação pela quarta vez e acredita que é “um desrespeito falar em manobra, pois qualquer deputado tem o direito de pedir vista de qualquer projeto que esteja em qualquer comissão dessa Casa”.

Presidente da Comissão, o deputado e pastor Marco Feliciano (PSC-SP) garantiu que o projeto será votado imediatamente após o prazo de duas sessões, previsto no Regimento Interno da Câmara. Segundo Feliciano, os psicólogos estão perdendo o registro profissional quando atendem pessoas que querem deixar de ser homossexuais.

O deputado defende que a proposta "traz o beneficio do direito humano da pessoa escolher o que ela quer" no sentido de procurar ajuda de psicólogos, caso esteja "infeliz por ser homossexual".  "Ninguém cura ninguém, quem se cura é você mesmo quando você aceita ser administrado por uma palavra de fé. Não é o medico que vai fazer isso, não é o psicólogo. É  a pessoa, se a pessoa está sofrendo, ela tem que lutar por isso [cura] mesmo", acrescentou a deputada Liliam Sá (PSD-RJ), em apoio à avaliação de Feliciano. 

Frente parlamentar paralela

Em paralelo à comissão, a Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos Humanos promoveu uma votação simbólica contra a votação da matéria. O ato, que só tem efeito político, teve a participação de cinco deputados – Érika Kokay (PT-DF), Jean Wyllys (PSOL-RJ), Luiz Couto (PT-BA), Domingos Dutra (PT-MA) e Marina Sant'anna (PT-GO), que fizeram questão de demonstrar sua contrariedade com o tema. Durante a votação, os presentes levantaram cartazes com os seguintes dizeres: "Não ao obscurantismo" e "Não ao retrocesso".
  
Sobre o projeto

O projeto de decreto legislativo nº 234 de 2011, do deputado João Campos (PSDB-GO), pretende permitir a "cura gay". O projeto visa derrubar dois artigos da resolução 1/ 1999 do Conselho Federal de Psicologia. Campos argumenta que o conselho restringiu o trabalho dos profissionais e o direito das pessoas de receberem orientação profissional, por intermédio de ato normativo, que "extrapolou o seu poder regulamentar".


O Conselho Federal de Psicologia defende que a "homossexualidade não constitui doença, nem distúrbio e nem perversão". Por isso, o profissional poderá tratar normalmente de um homossexual sem que o tema seja tratado como doença. Já para Campos, "o Conselho Federal de Psicologia, ao criar e restringir direitos mediante resolução, usurpou a competência do Poder Legislativo, incorrendo em abuso de poder regulamentar, com graves implicações no plano jurídico constitucional". A proposta tem apoio do relator, o deputado Anderson Ferreira (PR-PE), que, desde 26 de abril, já está com o relatório pronto para a votação do projeto na CDH.

Se aprovado na comissão, o texto deverá ser votado em outras duas comissões permanentes da Câmara antes de ir ao plenário – a de Seguridade Social e a de Constituição e Justiça. Após o plenário da Câmara , será analisado pelo Senado. Caso tentem apressar sua votação, os líderes partidários poderão apresentar um pedido de urgência – o que permitiria que a matéria fosse direito votada em plenário. No entanto, precisariam do apoio de 257 deputados para fazer o pedido e mais mesmo número de deputados para aprova-lo em plenário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 26 de maio de 2013

Setores Conservadores, exigem saida de Hollande!!

  

Achou que Homofóbia só acontece em terra de Indio, enganou - se, os franceses, sua parcela conservadora foi as ruas e pediu a saida o Presidente Hollande, uma cena lamentável vinda de um país exemplo em Direito humanos, fraternidade, (na teoria é lindo) na prática,... 

Apesar da forte pressão de setores conservadores, François Hollande, presidente da França, assinou no último sábado (18) a lei que a permite o casamento e adoção entre homossexuais.

A medida havia sido aprovada no dia 23 de abril pelo parlamento francês, após semanas de debates, e aguardava a assinatura do presidente. As primeiras uniões civis entre homossexuais serão realizadas a partir do dia 29 de maio. Com a nova legislação, a França se torna o 14º país no mundo a permitir o casamento entre pessoas do mesmo sexo. 

Entretanto os últimos dias veem sendo um teste de paciência para Hollande, os setores conservadores, foram as ruas parisienses pedi que a lei foi anulada. Os franceses tem uma longa história em mobilizacao nas ruas.

Segundo a EPE, antes do início da passeata, 56 pessoas foram detidas por interromper o tráfego na avenida Champs-Ellysées. Além disso, 19 integrantes de um grupo de extrema direita foram presos depois de invadir a sede do Partido Socialista, no centro da capital, pedindo a renúncia do presidente francês François Hollande com uma faixa no telhado com os dizeres: 'Hollande renuncie'.

"Casamento para todos" ("Marriage pour tous") foi uma promessa de campanha de Hollande. Ele a concretizou no dia 18 de maio, com a promulgação da Lei Touriba, que além de modificar as regras sobre o casamento, também permite a adoção por casais do mesmo sexo.
  O clima de tensão já havia sido previsto pelo ministro do Interior francês, Manuel Valls, que recomendou aos críticos da lei - promulgada há oito dias pelo presidente François Hollande - não levar crianças à manifestação.

Para conter possíveis incidentes, foi montado um esquema de segurança com 4.500 policiais.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Máscaras Violentas

Tantas vezes nos achamos auto-suficiente, achamos que nunca sentiremos saudades de alguém com quem brigamos ou juramos não manter contato, porém, o tempo passa e a farsa acaba com o cair da máscara... Pois é...
 ( Máscara, como adorno pode ser símbolo de mistério, fetiche ou quem sabe de diversão, porém ocorre que esta simples palavra nos remete a uma série de pensamentos…o fato é que todos nós temos uma máscara, ou várias quem sabe... no trabalho, o meliante tem uma conduta , na discoteca com os amigos tem outro comportamento, em casa, ainda é capaz de assumir outra postura, A vida obriga as pessoas a serem assim.)
A máscara caiu! A dor não poderá ser deixada de lado, temos que vivenciar essa.

A saudade chega a sangrar pelo poros, enquanto sentir falta é somente uma pequena lembrança de alguém. Talvez seja um pouco maior que isso mas é completamente diferente de sentir saudade. Quando sinto falta de alguém, penso por alguns instantes ou algumas horas e depois continuo a vida como sempre foi. Quando sinto saudade, essa maldição fica em minha cabeça até ficar extremamente, completamente fatigado de tanto pensar ...
...talvez não faça muito sentido para vocês, não faz o mínimo sentido para mim também, mas foi o que a cabeça de cima resolveu cuspir para fora dessa vez.

Enfim, só tem saudade quem teve um momento de felicidade. Saudade é amar um passado que não quer parar de passar em sua mente, é praticamente recusar o presente, fechando as portas para o futuro.
 (Tô viajando.... basta de cigarro artístico por hoje)

Enxugo as lágrimas fechando a porta do meu quarto, e meus olhos também.
Vou dormir sem máscara.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Mulher tem cabelos cortados e dente quebrado por mãe de namorada!



Uma jovem de 20 anos procurou a polícia depois de ser agredida pela própria sogra na noite de domingo (28), no bairro Santana, em Cariacica. De acordo com a vítima, a mulher não aceita o relacionamento entre a jovem e a filha de 15 anos.

O cabelo, que era comprido, foi todo cortado. Rafaela Zeni também ficou com a boca ferida e teve um dos dentes quebrado. Segundo a moça, além das agressões, a mãe da adolescente a ameaçou de morte.

A vítima contou que as duas começaram a se relacionar há três meses e, no último final de semana, a mãe da adolescente ficou sabendo. A mulher teria ido até a casa da jovem acompanhada do filho de um policial militar.

De acordo com a vítima, os dois reviraram sua casa. “Ela foi até a minha casa, quebrou tudo, levou dinheiro, rasgou minhas roupas, molhou tudo. As roupas que tenho são as do corpo as que estavam na minha mochila. Ela pegou o chip do meu celular e deve estar ligando e ameaçando todos da minha família”, afirmou.

A jovem relatou a violência. “Ela me jogou dentro do carro e me mandou ficar quieta. Disse que se eu tentasse correr, iria meter tiro nas minhas costas. Ela e o filho do policial sentaram do meu lado. Ela pegou a tesoura, me mandou abaixar a cabeça, cortou meu cabelo e me deu um soco na boca. Ela falou que se eu procurasse a polícia ou falasse com alguém, iria me matar”, contou Rafaela.

Rafaela disse que era amiga da agressora. A jovem e a mãe procuraram a delegacia de Campo Grande, em Cariacica. Revoltada com a atitude da mãe da adolescente, a mãe da agredida espera por justiça. “Eu não acho isso justo. Ela nos ameaçou. Falou que se a gente viesse à polícia, ela iria matar minha filha. Ela disse que poderia ser presa, mas iria botar meio mundo atrás da gente. A gente é trabalhadora, a gente não é vagabunda. Hoje, nós perdemos um dia de serviço para estar aqui atrás disso. É muita injustiça”, comentou a auxiliar de serviços gerais Cirlene Helena Zeni dos Santos.

Fonte: folhavitoria.com.br

Não preciso nem dizer que é um absurdo né?
Mais um caso de homofobia em nosso Pais, enquanto cidadão acredito que esse caso tem que ganhar maiores proporções para que seja tomada uma atitude contra a agressora, quanto mais disseminada essa noticia for melhor.
Não sou advogado, mas pelas minhas póprias conclusões essa é a pequena lista de crimes cometidos pela agressora:  invsão de domicilo, furto, sequestro, coação, ameaça, agressão.

Cadeia nela!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

O Pior lugar do mundo para ser gay.


Então, o titulo já desperta uma enorme curiosidade não é mesmo?

O documentario que vocês verão a seguir tem quase uma hora de duração, foi produzido pela BBC e já foi exibido no Brasil pelo canal GNT, é narrado em português de portugal, porém nada que comprometa a compreensão dos leitores.
Encontrei através de indicação de um amigo meu enviando o link do site www.bafonique.com e assim que acabei de assistir corri pro SAV para poder dividir com vocês.

Mais do que nos deixar chocados o documentario mostra a realidade de um pais onde religião protestante e politica se fundem e se confundem com democracia, nossa realidade não seria muito diferente se certos candidatos e uma certa bancada evangelica não forem detidos através dos nossos votos. Parece radical estar dizendo isso né?, mas podem acreditar, não é não!.Homofobia é homofobia e mata na Africa, no Brasil e em qualquer lugar do mundo.

Sem mais delongas ai esta o video:


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Curta retrata cotidiano de transsexual.



O Curta-metragem Chupa essa Uva: If I Were a Boy, realizado para a parada gay de salvador, retrata o Cotidiano da Transsexual Thalia e do seu namorado Jânio.
Além da riqueza de detalhes, é possivél notar a qualidade da fotografia extraida do bairro de Pirajá, suburbio da cidade de Salvador-Ba.

O vídeo tem direção e roteiro de Silverino Ojú e direção de fotografia e edição de Alex Souzan, responsável ainda pela câmera e pela finalização do curta.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Banco do Vaticano: Principal acionista da maior indústria de armamentos do mundo, a Pietro Beretta



030812 vaticano-armas
















Vaticano - PCB - Talvez poucas pessoas saibam que a fábrica de armas Pietro Beretta Ltda. (a maior indústria de armas no mundo) é controlada pela Holding SpA Beretta e que o acionista majoritário da Holding SpA Beretta, depois de Gussalli Ugo Beretta, é o IOR (Instituto para Obras de Religião) [comumente conhecido como Banco do Vaticano], instituição privada, fundada em 1942 pelo Papa Pio XII e com sede na Cidade do Vaticano.

Segundo o Diário Liberdade a história por trás de tudo isso é a seguinte:

Roma não foi construída em um dia, tampouco o Vaticano, e menos ainda sua opulência atual. Isso tem suas raízes no século IV da era cristã, quando o imperador Constantino se converteu ao cristianismo e colocou à disposição do Papa Silvestre I uma fortuna colossal - de fato o transformou no primeiro Papa rico na história.

A igreja católica é a única organização religiosa do mundo que tem como quartel-general um Estado independente: a cidade do Vaticano. Com seus 2 Km² de superfície o Vaticano é muito menor do que muitos campos de golf no mundo; e para percorrê-lo sem pressa não se necessita muito mais que uma hora; contar suas riquezas, contudo, levaria bastante mais tempo.

A moderna opulência do Vaticano baseia-se na generosidade de Benito Mussolini que, graças à assinatura do Tratado de Latrão entre seu governo e o Vaticano, outorgou à Igreja Católica uma série de garantias e medidas de proteção. A "Santa Sé" conseguiu que a reconhecessem como um Estado soberano, beneficiou-se com a isenção fiscal de sua propriedade para beneficiar os seus cidadãos, que não precisavam pagar os direitos aduaneiros pelo que importavam do exterior. Foi-lhe concedida imunidade diplomática e seus diplomatas começaram a desfrutar dos privilégios da profissão, igual assim como os diplomatas estrangeiros reconhecidos junto à Santa Sé. Mussolini prometeu introduzir o ensino da religião católica em todas as escolas do país e deixou a instituição do casamento sob a égide das leis canônicas, que não admitiam o divórcio. Os benefícios que o Vaticano recebeu foram enormes – dentre eles, os benefícios fiscais foram preponderantes.

Em 1933, o Vaticano mais uma vez demonstrou sua capacidade de estabelecer negócios lucrativos com os governos fascistas. A concordata de 1929, assinada com Mussolini, foi seguida por outra entre a Santa Sé e o III Reich de Hitler. O gestor Francesco Pacelli foi uma das figuras-chave do pacto com Mussolini: seu irmão, o cardeal Eugenio Pacelli, futuro Papa Pio XII, foi responsável pela negociação como Secretário de Estado do Vaticano, assinando um tratado com a Alemanha de Hitler. Pio XII conhecia bem a Alemanha. Ele fora núncio em Berlim, durante a Primeira Guerra Mundial, e depois, como Secretário de Estado de Pio XI, teve inúmeras intervenções no rumo que estava tomando a política alemã. Nesta qualidade interveio decisivamente na encíclica de Pio XI, conhecida como "Mit Brennender Sorge" (que pode se traduzir "Com preocupação ardente"). A iniciativa da encíclica partiu, ao contrário do que se acredita, dos bispos alemães, sendo o primeiro rascunho escrito em Roma pelo Cardeal Faulhaber. O então cardeal Pacelli, que fala alemão, deu-lhe a forma final, apresentada a Pio XI, sendo então assinada e publicada. Apesar da constante e grande pressão mundial, o Papa Pio XII sempre se negou a excomungar Hitler e Mussolini; seu pontificado foi caracterizado pela adoção de uma falsa postura de neutralidade.

Quando os nazistas invadiram a Polônia, o Papa Pio XII se recusou a condenar a invasão; uma das maiores vantagens que obteria o Vaticano do muito lucrativo acordo que mantinha com Hitler era a confirmação de Kirchensteuer, um imposto eclesiástico; trata-se de um imposto estadual que ainda hoje os fiéis alemães devem pagar, e só podem escapar se renunciarem à sua religião. Na prática, muito poucos renunciam. Este imposto representa por si só entre 8 e 10% dos impostos totais arrecadados pelo governo alemão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Os irmãos que escolhemos!



Hoje eu vim aqui para falar deles, dos meus amigos!

Mas o que falar sobre eles?
Contar que todos nós nos tratamos pelo nome de um animal?

Para dizer a verdade não tem como explicar as noites em claro pós balada que eu e o Pietro passavamos no quarto dele fofocando de tudo e de todos, resenhando cada segundo da noite, regadas a muita Coca-Cola (O Piettro é viciadissimo nisso, caso de internação mesmo!), biscoito passatempo, revezando entre um musical e outro no DVD, partidas de Mortal Kombat e American Dad, sempre com o bom e velho cigarro artistico.
Já fizemos faculdades juntos, fomos superpopulares, aprontamos muito e ainda toravamos boas notas (somos modestos também), aliás popularidade sempre foi a marca registrada do Pietro, o nosso eterno Chicken.

Se tem alguem que me enbtende só com um olhar é a Melissa, literalmente a irmã que não tive. Amizade de infância, de brincar na rua, a conheci no fliperama e desde então nunca mais brigamos, foi minha minha namorada! (Um tapa na cara da sociedade!),me coagiu a ir em shows de Sandy e Junior e por ela ate em shows do harmonia do Samba eu já fui!. Uma amiga de viver ao lado quase todas as melhores aventuras da minha vida, minha vaquinha que agora vive casadissima na Italia e que desejo toda felicidade do mundo!

G. Machado conheci no colégio, pra ser mais exato na 8ª serie, temos muitas historias pra contar juntos com certeza!
Todo mundo ama o G. Machado, mas adoramos cometer bullyng com ele, mas já vou logo avisando, só nós podemos zuar ele, e mais ninguém senão o bicho pega!
O nosso rato é envolvido em causas âmbientais e saca tudo de politica, uma verdadeira enciclopédia ecônomica mundial!
Com um jeito serio e enrustido ocupa o seu espaço no coração de todos!.

Para não escrever nenhum livro resolvi falar dos amigos que também são (no caso da Melissa Foram), autores do SAV.

Mas é Claro que falando de amigos não poderia deixar de citar pelo menos em algumas palavras o Macaquinho (sempre sério mas com umas tiradas ótimas!), a Coelinha (Amizade que fiz no primeiro dia de aula da faculdade), o Preá ( as nossas aventuras desbravando trilhas para ir a cachoeiras e rios, e os altos papos da madruga na casa dele tbm!) a Amapô (que também já foi altora aqui do blog com quem vivi grandes porres na minha vida e altos micos tbm!), e a minha querida Girafinha (Sempre antenada com as novas tecnologias!).

Com essa galera vivi os melhores momentos da minha adolescência!

Não posso me esquecer tbm dos grandes amigos que fiz aqui no rio, que apesar de ainda n ter uma longa historia comigo, já fazem parte da minha história.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Igrejas Gay-Friendly no Brasil


Igreja inclusiva
As inclusivas se concentram
no eixo São Paulo-Rio
Encaradas pelas minorias como um refúgio para a livre prática da fé, as igrejas "inclusivas" - voltadas predominantemente para o público gay - vêm crescendo a um ritmo acelerado no Brasil, à revelia da oposição de alas religiosas mais conservadoras.

Estimativas feitas por especialistas a pedido da BBC Brasil indicam que já existem pelo menos dez diferentes congregações de igrejas gay-friendly no Brasil, com mais de 40 missões e delegações espalhadas pelo país.

Concentradas, principalmente, no eixo Rio de Janeiro-São Paulo, elas somam em torno de 10 mil fiéis, ou 0,005% da população brasileira. A maioria dos membros (70%) é composta por homens, incluindo solteiros e casais, de diferentes níveis sociais. Na região nordeste existe grupos que realizam cultos evangélicos.

O crescimento das igrejas inclusivas ganhou força com o surgimento de políticas de combate à homofobia, ao passo que o preconceito também diminuiu, alegam especialistas.

Segundo a pesquisadora Fátima Weiss, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que mapeia o setor desde 2008, havia apenas uma única igreja inclusiva com sede fixa no Brasil dez anos atrás.


As igrejas inclusivas ainda enfrentam forte resistência das comunidades católicas e evangélicas. Embora a maior parte delas siga a tradição cristã - pregando, inclusive, o celibato antes do casamento e a monogamia após o matrimônio - ainda não são reconhecidas oficialmente por nenhum desses dois grupos.

Não raro, em igrejas tradicionais, os homossexuais são obrigados a esconder sua opção sexual. Descobertos, acabam sendo expulsos - ou, eventualmente, submetidos a tratamentos de "conversão" para se tornarem heterossexuais.

"Segundo a Bíblia, homossexualidade é pecado. Na igreja evangélica, gay só entra caso queira se converter e, para isso, tem de se tornar heterossexual. É uma regra de Deus" disse à BBC Brasil Silas Malafaia, fundador de uma das principais igrejas evangélicas do Brasil, a Assembleia de Deus - Vitória em Cristo.
 
 "Tenho vários casos de ex-gays na minha igreja. Trata-se de um desvio de comportamento; afinal, gays têm a mesma ordem cromossômica que nós, heterossexuais. Depende deles, portanto, mudar sua opção sexual para serem aceitos na nossa comunidade", acrescenta.

A pernambucana Lanna Holder, de 37 anos, acreditava poder "curar" a atração que sentia por mulheres que, segundo ela, vinha "desde a infância". Usuária de drogas e alcoólatra, Lanna converteu-se a uma igreja evangélica aos 21 anos, passando a fazer pregações no interior do Brasil.

Enquanto todas as meninas brincavam de boneca, eu soltava pipa e jogava futebol", lembra ela à BBC Brasil.

Lanna tornou-se uma das principais pregadoras da igreja Assembleia de Deus, a mais importante do ramo pentecostal no Brasil. Casou-se aos 24 anos e, dois anos depois, teve um filho.

Mas durante uma viagem aos Estados Unidos em 2002, conheceu outra pregadora, Rosania Rocha, brasileira que cantava no coral de uma filial da igreja em Boston. Um ano depois, elas tiveram um caso amoroso às escondidas e acabaram expulsas da comunidade.

De volta ao Brasil em 2007, Lanna teve a ideia de criar uma igreja voltada predominantemente para homossexuais que, como ela, não ganharam acolhida em outra vertente religiosa. Ela montou a "Comunidade Cidade Refúgio", no centro de São Paulo.

Igreja inclusiva
Lanna Holder abriu
a sua própria igreja


De reuniões pequenas, com apenas 15 pessoas, a igreja possui hoje 300 fiéis e planeja abrir uma filial em Londrina, no Paraná, até o fim deste ano.

O embrião das igrejas inclusivas começou a surgir no Brasil na década de 90, em pequenas reuniões feitas normalmente sob sigilo.

Nos Estados Unidos, entretanto, elas já existem há pelo menos quatro décadas, praticando o que chamam de "teologia inclusiva", com um discurso aberto à diversidade.

Um das pioneiras foi a Igreja da Comunidade Metropolitana (ou Metropolitan Church), a primeira a ter sede própria no Brasil, em 2002.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Homofóbico é gay enrustido, diz estudo



Estudo conduzido por universidades americanas e britânicas sugere que a homofobia é mais comum em indivíduos que possuem desejos retraídos pelo mesmo sexo. Tal preconceito cresce ainda por culpa de pais autoritários que reprimem tais desejos, diz a pesquisa publicada na edição de abril do periódico Journal of Personality and Social Psychology.
 
 Os pesquisadores – que são das universidades de Rochester e da Califórnia, nos Estados Unidos, e da Universidade de Essex, na Inglaterra – realizaram quatro experimentos diferentes, cada um envolvendo uma média de 160 estudantes universitários alemães e americanos. A fim de analisar a atração sexual implícita e explícita dos participantes, os cientistas mediram as diferenças entre o que eles diziam sobre sua orientação sexual e como eles regiam em determinadas tarefas.

Os dois primeiros experimentos tinham o intuito de avaliar a atração sexual implícita dos jovens. Para isso, eles tiveram que classificar algumas palavras e imagens exibidas em uma tela de computador como “gay” ou “heterossexual”. Foram também instigados a buscar livremente fotos de pessoas do mesmo sexo ou do sexo oposto.

Já nos dois últimos testes, os cientistas aplicaram questionários que fizeram um diagnóstico do tipo de criação familiar dos participantes, além de suas orientações, crenças e opiniões políticas. Foi medido, por exemplo, o grau de homofobia existente dentro de casa, com indagações do tipo: “Seria assustador para minha mãe descobrir que esteve sozinha com uma mulher homossexual”.

Em todos os experimentos, jovens que cresceram em um ambiente familiar de repressão apresentaram grandes divergências entre o que declararam ser sua orientação sexual e o que foi observado pelos cientistas nos testes de atração sexual enrustida. Além disso, os indivíduos que se declararam heterossexuais, mas não demonstraram isso implicitamente, eram mais propensos a reagir com hostilidade a outros gays.



Segundo os cientistas, os homofóbicos são geralmente pessoas que estão em guerra com elas mesmas e acabam externando esses conflitos. Para os pesquisadores, os homossexuais que vivem em casas controladoras sentem medo de perder o amor e a aprovação dos pais caso admitam atração pelo mesmo sexo, por isso negam ou reprimem a si mesmos este desejo. Ou seja, de acordo com a pesquisa, a homofobia e a agressividade podem ser reação de quem se identifica com o grupo, mas não aceita o fato.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 14 de julho de 2012

Gays e o mundo Corporativo


Direitos LGBTs
Professor da Fundação Getulio Vargas diz que empresas ainda falham na inclusão de homossexuais.

 Os casos de homofobia ultrapassaram os de xenofobia, que acontecem com naturalidade nas redes sociais.
 
Desde o início do ano, o debate público a respeito de direitos para LGBTs tem sido intenso. Se, por um lado, houve um avanço importante no reconhecimento da união estável entre pessoas do mesmo sexo, também foram vistas, nos últimos meses, manifestações de ódio, que vão de linchamentos a declarações condenáveis de políticos.

 Essa mesma dinâmica da sociedade é reproduzida no ambiente de trabalho. Nas empresas, a homofobia é um assunto proibido, mesmo em lugares que promovem a diversidade.

"Trata-se de um reflexo da cultura machista brasileira, um traço profundo da própria identidade nacional", diz Hélio Arthur Reis Irigaray, professor da Fundação Getulio Vargas e da Pontifícia Universidade Católica, ambas do Rio de Janeiro, e autor de uma tese de doutorado sobre orientação sexual e ambiente de trabalho brasileiro. Na entrevista a seguir, Arthur Irigaray mostra que ainda há muito a avançar.

Como a homossexualidade é tratada no ambiente corporativo?
As organizações têm um discurso certinho, de responsabilidade social e de inclusão de minorias. Mas, ao ouvir um homossexual descrever a vida corporativa, tudo muda de figura. Até hoje existem casos de gays agredidos fisicamente no trabalho, mesmo em corporações com política de diversidade. o homem branco heterossexual tem muito mais facilidade para progredir na carreira do que o gay. Quando negro, a situação é mais delicada.

No caso de homens homossexuais, eles são bem aceitos quando são cabeleireiros, comissários de bordo, profissionais das artes, que são carreiras associadas às mulheres. Fora isso, os gays assumidos esbarram em tetos invisíveis. A dificuldade de crescimento profissional existe mesmo em companhias com políticas de inclusão estabelecidas.

As políticas de diversidade não são efetivas então?
Não são. A discriminação contra os homossexuais existe e está associada à discriminação sofrida por mulheres. Quando igualo um homem gay a uma mulher, é para dizer que ele é frágil, fofoqueiro, instável emocionalmente. Ao desqualificar gays, mulheres, negros e outras minorias, faz-se uma reserva de cargos na elite corporativa para homens brancos heterossexuais.

Bem, os gays tem competência, tempo livre e pode dedica ao trabalho. Infelizmenre é uma realidade, o que fazer? Investimento pesado em educação, agora não podemos generalizar, existem gays bem- sucedidos, isso é uma questão de postura profissional. Você não precisa agredir deus amigos da empresa visualmente ou manter atitudes inadequadas.

Independente de ser descriminado, não coloque- se  no papel de vitima, mantenha uma apostura adequada, até porque voce esta em um ambiente corporativo, e não na boate cheio de amigos soltando a franga!

Fonte: Redação Mundo Mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 1 de julho de 2012

Irmãos Gêmeos são confundidos com homossexuais e um acaba morto


Sinceramente, não gosto de falar de violencia, principalmente sobre a banalização da mesma. 


O que leva um grupo de jovens, ou Vagabundos a descer de um veiculo e agredir dois irmãos, pelo simples fato de estarem abraçados. Um casal GAY, Não, infelizmente era dois irmão abraçados.

Entenda o caso:

Dois irmãos gêmeos pernambucanos foram confundidos com homossexuais e espancados por um grupo de oito homens no município de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador.


Eles voltavam abraçados de uma festa promovida pela prefeitura local na madrugada de domingo (24). De acordo com a Polícia Civil, os suspeitos estavam em um micro-ônibus e, ao avistar Leonardo e Leandro juntos, saltaram do coletivo ainda perto do Espaço Camaçari, onde os shows foram realizados.


Os agressores atacaram os irmãos com facadas e pedradas. Segundo informações da polícia, após a abordagem, Leonardo chegou a reagir e conseguiu tomar a faca de um dos homens, mas foi atingido na cabeça por um paralelepípedo. Ainda recebeu outras pedradas, enquanto Leandro era castigado com socos e pontapés. Depois das agressões, os criminosos fugiram. 
Sete pessoas foram presas logo após o crime e acabaram reconhecidas por Leandro. Três suspeitos – Douglas dos Santos Estrela, 19; Adriano Santos Lopes da Silva, 21; e Adan Jorge Araújo Benevides, 22 – foram autuados em flagrante por homicídio qualificado (motivo fútil) e formação de quadrilha.
A família das vítimas vive na cidade de Ibimirim, Sertão de Pernambuco, a 313 quilômetros do Recife. Leonardo foi sepultado na última terça-feira (26) no cemitério do município. Uma multidão indignada com o crime acompanhou o enterro.
O Grupo Gay da Bahia (GGB), a mais antiga entidade de defesa dos direitos homossexuais no Brasil, e o Fórum Baiano LGBT condenaram o episódio violento.
Ultimamente venho observando um aumento progressivo de violência gratuita, outro dia, foi um ai e filho que foram confundidos e agredidos, outro dia um casal, e amanha vai ser quem?
Até onde vai a banalização dos Direitos civis das pessoas, independente de credo, raça, religião ou orientação sexual.
Brasil mostra tua cara, quero ver quem paga pra gente fica assim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Pratique o desapego ou você vai experimentar o real impacto que a perda nos causa.



 Depois de alguns cigarros artísticos lembrei dessa cena e resolvi dividir com vocês BloGayros "esses momentos meus".

Filme: Metrô de Nova York (Subway Stories: Tales from the Underground)

São diferentes histórias baseadas em fatos reais ambientadas no metrô de Nova Iorque.
A primeira vez que eu assisti era muito novinho e chorei descontroladamente com essa cena que postei aqui em específico....
A dor através da voz de Taral Hicks é de tirar o fôlego, o sofrimento apenas perfura você. Sofrer é inevitável, e é justamente para amenizar esse que a prática do desapego é essencial para não sofrermos demasiadamente por algo ou alguém. Nada é para sempre...  perderemos a juventude...  entes queridos...  amigos...  amores... Seja de forma natural ou trágica, o "fim" é inevitável!
Enfim,  eternizamos em nossas memórias ou então banhamos nossos corações para apagar as marcas e lembranças que trazemos conosco.


Deixo aqui a cena que marcou minha infância. 




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Powered by Blogger