Translate this!

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Que se Fôda a Móda 1


Pois é macho, Está sendo uma grande caminhada. Por aqui já ensinei a você como rastrear, categorizar e abocanhar as fêmeas. Já fui xingado por criticar o Greenpeace e agora estou armado, munido e protegido para socar o âmago de todo gay:

A Moda.

Já faz tempo que eu queria falar sobre isso e até postei aqui, mas o Lucas simplesmente suprimiu, editou, suavizou e cortou tudo aquilo que eu queria fala e o termo “moda” naquele post se tornou “modismo” não da forma relacionada a roupas, acessórios e desfiles, mas ao comportamento “Maria vai com as outras” da sociedade.

Pois bem, agora eu quero falar minha opinião sobre roupas, acessórios e desfile. Tô preparado pra quantidade de purpurina vomitada em mim. Mas eu tenho minha legião de machos pra me proteger, né?

NÉ?!

Porra machos, cês me decepcionam.

Sociologia, filosofia e psicologia confirmam: somos seres sociais. Comunicar, expressar e socializar são coisas tão vitais quanto comer, dormir e cagar. Sem companhia mofinamos (será que “mofino” fala em outro lugar fora aqui?) atrofiamos e morremos. Então é natural. Até o mais nerd retardado da nona série tem amigos.

Agora existem PESSOAS que querem ter SUPER PODERES sociais. E foi assim que foi criada A MODA!

No começo era normal. Eu me vestia assim e você se vestia assim e as tribos se identificavam facilmente. Agora é uma caralhada de penugem, pelos, couro, poliéstes e até látex por todos os lados. A “moda” não passa de um movimento pós contemporâneo cultural-comercial. Se assemelha perfeitamente com a onda da música cultural-comercial, por exemplo. Vide “Happy Rock” ou “Emo”por exemplo. E eu os chamo de movimentos culturais-comerciais não por serem culturais de fato, mas porque de tanto imposto e saturado pela mídia essas informações são assimiladas pela sociedade como se fossem de fato nativo. Olhe ao seu redor. O maioria do que escutamos, vemos, vestimos e até comemos não fazem parte da nossa realidade e história.

E tudo isso acontece com as roupas e outras putarias. Estilistas aleatórios esdrúxulos criam roupas ridículas e parafernálias absurdamente nonsense, a mídia mostra aquilo como “ESPETACULAR!!1!” e o povo aplaude. E pior! Alguns desses aplausos vem dessas pessoas que vestem aberrações visuais e humilham as que não vestem simplesmente porque não se encaixam no mesmo padrão que o seu. E quem ganha com isso? A Corporação. Não há nada ligado a gosto, desgosto ou estilo de fato. É dinheiro. A corporação paga a mídia e as ovelhas retardadas sem cérebro não lá e compram sem nem saber se é bom.

Uma ENORME demonstração disso foi o absurdo post do meu querido companheiro Douglas. Ele e mais outras pessoas ASSUMIRAM que o All Star NÃO É CONFORTÁVEL, mas por ser ‘BONITO” é o TÊNIS PREFERIDO.

O QUE HÁ DE ERRADO COM VOCÊS?

E no post a batuta pergunta: quem nunca teve um All Star?

EU.

Sempre achei revoltante o fato do All Star ser uma coisa americana nojenta que pra variar, brasileiro sem cultura vai e adota como se aquilo tivesse sido feito ESPECIALMENTE pra ele.

(Merda, o post tá ficando grande, vou ter de dividi-lo em partes)

Pra finalizar essa parte eu digo: GALEROW, TENHAM CULTURA! Leiam livros, assistam filmes, escutem música, especialmente tudo isso NATIVO! Valorizemos nossa cultura que é absurdamente rica e maravilhosa! Quer tênis? Saca só o que a marca HAVAIANAS mandou PRA EUROPA e tá vendendo na loja conceito daqui. Vamos valorizar o que é nosso acima de tudo, até porque todas essas grifes e “mimimices” não nos conhecem e não podem nos impor o que vestir, porque é uma grande “marca”.

Ok, “Que se Fôda a Móda 2” BORA, CAMBADA.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 comentários:

Nickholas Greenfer disse...

Prometo que a parte dois será mais branda. Hahahahaha!

Junior Healy disse...

Eu simplesmente amo a moda. Sério!
Para mim moda é criatividade, inovação, transformação.
A moda é mais do que aparecer, a moda é uma forma de expressão, de mostrar sua personalidade.
Por mais que vc odeie a moda, a maneira como se veste vai denunciar um pouco de quem vc é.

A moda faz a historia da sociedade, nos reconhecemos em épocas atravéz dela,não é apenas uma forma de ganhar dinheiro, é um sublime instrumento de comunicação.

Nickholas Greenfer disse...

Sim, e eu cito esse lado expressivo, criativo e cultural da moda logo no começo, o post critica o outro lado da moda. O opressivo, o ridículo, o exdrúxulo, o fato dum cara qualquer só porque tem nome desenhar qualquer merda e todo mundo dizer "UAAAAU" só por causa da mídia. O lado da moda só voltado como indústria sedenta de dinheiro. Mas deixei bem claro que apesar d'eu explorar mais o lado ruim da moda ela é multifacetada. E eu não disse que odeio a moda.

Eu odeio o comportamento retardado e cego das pessoas.

G. Machado disse...

Interessante, entretanto moda é como um gosto pessoal e instransferivel, além de cada uma ter seu jeito... ! Já as paranoias de roupas e trecos.. meio Doido!!

Joel Hallow disse...

Acho que tens que rever o conceito de cultura, citado ao final. Não condiz com o real significado.

Att,
@JoelHallow

Markos Lima disse...

Eu nuca segui moda, visto aquilo que eu acho legal e pronto
parece que esse pessoal não tem personalidade

Postar um comentário

 
Powered by Blogger