Translate this!

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Bebendo, Fumando e Tragando Saudades



Jack Daniel's foi singular na noite! Confesso que antes de ir para o porto dei uma brincada gostosa com o vadio. Amo muito tudo isso!



Chegando ao quarto dele me joguei na cama de roupa completamente embriagado, daí o putinho me levantou e me colocou no banheiro... Tomei um banho me ensaboando com shampo(não sabia de quem era o sabonete) e voltei meio perdido para o quarto do vadio Mesmo percebendo a janela completamente aberta eu não tive forças físicas nem psicológicas para fechar-la...me joguei na cama outra vez, só que dessa vez estava pelado. Foi quando aconteceu o famoso “cú de bêbado não tem dono!” Bem que eu percebi um cheiro de segundas intenções naquele Jack Daniel’s. Depois ele me pagou gostoso, pois dei belas socadas com ele de quatro pedindo caceta pra dentro... Lembro que nessa manhã nem ele gozou quando tava abusando de mim, nem eu gozei quando tomei as rédeas da putaria, porém tenho que aceitar que ele superou todas as minhas expectativas naquela manhã... Quando to comendo ou nas vezes que ele me comeu, sempre minha mente me leva além... eu consigo sentir a mudança da temperatura na simples pegada em sua cintura, cada respiração e gemido a cada mordida que vou dando por toda suas costas, marcando o que supostamente era meu...cada estocada é um misto de emoções diferentes., tem as estocadas com amor, outras ódio, também tem as com um misto dos dois...Contudo, esse não é o assunto principal de hoje...
Adoro ouvir ele dizendo “me dá leitinho Amor, goza gostosoo vai... soa como música em meus ouvidos.... porém a música acabou desafinando e acabamos com nossa relação.
É isso mesmo..” Tô Solteiro em Salvador ... Cadê o meu Amor?”
Rs...deveria ser trágico mas tô levando muito bem... estou fazendo tudo pra não saber notícias, nem mesmo ficar postando lamentações nas redes socias nem postando músicas que transpassam o que queríamos dizer, fotos com intenção de magoar ou mesmo pra causar ciúmes..... Confesso que logo após o término eu cheguei a postar it’s a wrap da Mariah e uma frase dizendo que tinha ido na farmácia comprar camisinha...contudo depois percebi que não tinha que ficar tentando alfinetar com intuito dele se tocar e voltar atrás... me perguntei.... Poxa... pra quê vou fazer isso com quem eu Amo, foi tão bom enquanto durou, cadê o respeito? Diante disso resolvi não mais abrir as redes socias dele e não recebo suas notificações evito tudo que me faça lembrar ele... Quando 1 não quer 2 não brigam... Eu estou continuamente banhando meu coração pra apagar todas as marcas e lembranças desse relacionamento. Foi bom enquanto durou...Poderia ter durado mais?/ Isso não temos como saber. Essa manhã tentei escolher uma música pra meu celular e todas as músicas me lembrava o Geminiano... daí resolvi colocar o celular no silencioso.

O silêncio é foda, mas não mata!

Confesso que esperava outro final pra essa história... O cultivo do amor tem por base a união, a velha boa intenção, a humildade necessária para pedir desculpas quando for preciso, a generosidade para perdoar o outro que está arrependido e, acima de tudo, a disposição para dialogar, e o “dar um tempo” é o fim do diálogo em minha opinião.
enfim... a escolha foi dele!
Boa Sorte!



Hoje quando conectei o Facebook me deparei com essa mensagem:

“Da vida não quero muito.

Quero apenas saber que tentei tudo o que quis, tive tudo o que pude, amei tudo que valia e perdi apenas o que, no fundo, nunca foi meu!”

Fatão!

Minha rádio não ta bem sintonizada... hoje não tem trilha sonora pra essa postagem.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

10 comentários:

Paulo Braccini - Bratz disse...

forte, tenso mas sincero ... gostei e muito e vc está certo ... qdo não dá mais o melhor caminho é este, mesmo q sofrido ... e a vida continua ...

bjão

Anônimo disse...

é isso ai. a vida continua

Anônimo disse...

Sim amigo estou aki pra lhe dar meu apoio mesmo com suas palavras fatais e sinceras vc so refletiu e falou a pura verdade nao adianta mostrar se ele tah errado ou nao ou ate msm provoca-lo para q ele saiba que saiu perdendo uma pessoa especial como vc..e sim o melhor remedio tanto pra ele perceber o q perdeu, tanto pra voce pra curar a sua tristeza pois infelizmente é inevitavel nao se sentir assim...mais com sua personalidade forte e vontade de curtir a vida a superaçao sera mais rapido do que vc imagina...a vida tai pra lhe mostrar novos caminhos e realmente sua felicidade pois se nao deu certo é pq nao era pra ser, pelo menos quando coisas que nao dao certo eu penso desta forma.....fka bem voce é forte....
abraços alê. ass: jjr !!

Junior Healy disse...

O importante é agir com maturidade conforme vc fez.

Em relação a de agora em diante é como diria a música de Jau Peri

"Deixa que tudo tem seu tempo, deixa tudo em tudo acontecer"

Anônimo disse...

arranja outro se for de volta um dia vai volta.

conclusão da um tempo!!!

Fred disse...

Welcome back, seu danado!
Realmente o silêncio é foda, mas não mata!
E relaxa que minha "forma" continua a mesma: redonda!
Hahahahahaha!
Hugz, man!

Geminiano disse...

Essa atitude demonstra realmente uma maturidade da sua parte.
Mas é importante lembrar que em uma relação há "coisinhas" que incomodam e que vão acumulando e tomando dimensões não desejadas.
É aquela velha história do copo d'água: qdo cheio, basta uma gota para transbordar.
Acho que não tivemos a habilidade de esvaziar o copo de tempos em tempos para que este não transbordasse.
Tanto eu quanto você temos "reclamações" a fazer do outro.
Sei também que tentamos chegar ao "meio termo", mas acredito que não foi o suficiente. Infelizmente.
Vamos esvaziar nossos copos.
Vamos tirar dessa dor (de ambos) lição para nós mesmos, para que melhoremos.
Tenho certeza que vc não fará com o próximo algumas das "coisinhas" das quais eu tanto reclamava - e vice-versa.
E tudo isso vai ser de forma "natural", quase sem querer.
Quem sabe o destino nos aproxime novamente e nos dê a oportunidade de conhecermos essas mudanças, um as do outro?

Ro Fers disse...

O inicio do post foi picante, mas o final foi brochante (no bom sentido), afinal sempre no fim de um namoro, um sai perdendo...
Infelizmente nem tudo é eterno, porém se ambos se gostam, devem trocar idéias, colocar os pingos nos is...
Quando se gosta de alguém, o melhor a fazer, é excluir tudo o q lembra a tal pessoa, evitar objetos, lugares, pois muitas vezes, essas lembranças são acompanhadas pela dor da saudade, ou mágoa...
Abraços mlk

Marcelo disse...

Não tenho a menor vocação pra Poliana, mas sempre acreditei (ainda que estando perdidamente enamorado) que o término de uma relação me é sempre util, ainda que porventura a iniciativa não tenha sido minha. As perspectivas e horizontes são demasiado amplas quando se tem os olhos abertos e, ao caralho com o sentimentalismo, todos são perfeitamente substituíveis e felizmente é assim. Beijo pra quem fica na nóia, porque curtir uma fossa ouvindo Angela Roro pode não ser a minha, mas tem quem curta destilar o sofrimento e isso é um direito. Pessoalmente, prefiro entreter minhas horas de solteirisse investigando a cuequinha alheia.

Anônimo disse...

Amigo,o término sempre é dolorido p alguém mas passa...sei que chega ser piegas mas chega um dia que o sofrimento passa.Ame sempre, viva, viva...você encontrará outro amor. Bjs!!! Diene>

Postar um comentário

 
Powered by Blogger