Translate this!

segunda-feira, 27 de junho de 2011

De gota em gota...

Ok, o post de hoje chegou atrasado, sorry! 
Justifico: Estava no caminho de volta a São Paulo, fui passar o fim de semana em BH, não é que a namorada conseguiu me arrancar de SP bem no fim de semana da Parada Gay? #Ciúmes.

Brincadeiras a parte, apesar da idéia do post não ser essa, estamos ainda em clima de Orgulho Gay e vou contar um pouco do que vi em BH, o que me deixou boquiaberta! rs.
Estávamos nós, lindas e apaixonadas, bem na praça da Gloria bancando o casal junto há anos, vivendo numa rotina  certinha, parando o carro e passeando pela praça. Antes de sair do carro comecei a perceber alguns casais gays passando de mãos dadas, meninas e meninos, o que já é um progresso pra cidade mineira, tão religiosa e fechada. Ok, saímos, fomos andar pela enorme e linda praça - que eu amo, dia-se de passagem. Foi num lado da praça que vi os casais se pegando. Ficamos pasmas, as meninas se beijando, sentadas numa posição meeega sexy, e os meninos mega fofinhos no colo. Não bastasse isso, quando seguimos em direção a rodoviária de BH, vários grupos gls se beijando em bares. Bom, essa lorota introdutória termina aqui.
Porque faço questão de contar? Porque embora o preconceito e a intolerância existam, ele está mais escondido em alguns lugares, em algumas situações. Não vi caras feias, embora muitos dos casais fossem héteros, eles agiam naturalmente, como deve ser.
Sim, a mudança ainda não é total e concerteza é pequena. Mas simboliza esperança. Sei que saí de Minas com um fio a mais na teia da esperança, acreditando que ainda que pouco, as coisas estão andando, que poderei andar de mãos dadas com a minha mulher e futuramente nossos filhos serão mais aceitos que os filhos de amigas hoje.
É isso amigos, a mudança é pequena, mas está acontecendo.
Viva a diversidade. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 comentários:

*el*rio* disse...

Realmente, vi um casal de heteros que mora em BH comentando sobre esse assunto, dou do Rio, e tem regiões da cidade que estão cada vez ficando mais mente aberta. E isto é muito bom!!

Dicliife disse...

Cara amiga acredito que em Minas a violência seja duas vezes menor do que as megalopoles São Paulo e Rio que os '' supostos religiosos, manipulam a politica a favor deles ''. Acho que por ter menos classe média em Minas, a desigualdade é bem menor. Não vejo casos de '' Pitboys '' filhinho de papai batendo em porteiro em cidade pequena. Acho que '' alguns valores '' são mantidos. Como o respeito, união, as piadas é mais inocentes: baitola, mulher macho etc... Não é igual o povo daqui, que é logo '' Vamos matar? '' Vamos dar um susto nesse viadinho? ''

Que bom ver as coisas mudando, uma gota de esperança a mais é sempre bem vinda.

railer disse...

legal ler sua história, pois quando morei em bh muitos anos atrás a coisa não era bem assim. realmente também acho que temos que ter esperança de novos tempos e mudanças. aos poucos as coisas estão acontecendo.

Postar um comentário

 
Powered by Blogger