Translate this!

sábado, 4 de dezembro de 2010

Ode à Solitude


Sim, definitivamente somos seres sociáveis. Por isso conversava com um amigo gay, chamado Aly, no msn. Chorando pitangas pos seu namoro havia acabado.

- Falar é muito fácil! - disse ele.

- Mas fazer também é. É só querer. E querer é que é difícil... - retruquei.

- Como você consegue viver sem ninguém?

- Não vivo sem ninguém. Sou humano e preciso de várias pessoas no meu dia a dia.

- Você entendeu o que eu quis dizer - imaginei sua cara falando isso. Irônica e levemente irritada.

- Tá ok. Eu entendi. Vivo sozinho porque não vejo problema nenhum em viver assim. Eu me conheço, me gosto e me aproveito muito mais assim. Ir ao cinema só, me faz prestar atenção muito mais e a aproveitar muito mais o filme. Isso também se aplica a teatro e a shows. O último mesmo, de Tom Zé, eu aproveitei muito mais por estar sozinho. Até demais, diga-se de passagem... O fato é que eu não me sinto inseguro comigo mesmo, não preciso me esperar, não perco tempo com brigas comigo mesmo, com discussões desgastantes, com cobranças irritantes, ciúmes sufocantes nem nada que atrapalhe o curso linear de meu bem estar. Gosto de mim o bastante pra saber que eu sou a pessoa mais importante da minha vida e que é bom sim viver acompanhado, mas pessoas tem cabeças e vidas diferentes e se eu tenho só minha vida, quero aproveitá-la o máximo possível. Se alguém quiser participar da diversão, que pule por si só no navio, mas o leme é meu e eu o controlo.

- Porra Lucas... É uma perspectiva fantástica! Vou seguir seus conselhos. Sei que eu sou o melhor pra mim. Valeu mesmo!

- De nada.


Mas dentro do meu peito três palavras martelavam...

Preciso de alguém.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 comentários:

Afrodite disse...

Pôxa Lucas!
Ao mesmo tempo que nos dá uma lição nos põe pra pensar...sempre precisamos sim de alguém ao lado,mas antes disso precisamos aprender a conviver conosco!
Post pra pensar,hein?!
Beijo!
Afrodite

Junior Healy disse...

É o preço que pagamos pelo excesso de despreendimento.

Entendo-te perfeitamente.

Amapô disse...

ahahaha
sabia
os brutos tb amam

Machado disse...

As vezes o despreendimento é a melhor coisa, e as pessoas precisa antes de tudo se amar e depois amar outra pessoa. Ou seja, a todos, Solteito sim, Sozinho NUNCA!

Postar um comentário

 
Powered by Blogger