Translate this!

domingo, 14 de novembro de 2010

My First Love



O primeiro amor agente nunca esqueçe, e o meu eu tive na fase escolar no 'alto' dos meus 12 anos. O garoto tinha o estereótipo daqueles meninos das revistas teens que eu tanto gostava, durante muito tempo esse amor foi platônico, eu fazia o possível para pegar o ônibus pra escola no mesmo horário que ele, embora isso significasse acordar mais cedo ( Oh God eu odeio acordar cedo! ) . Por graça da vida ele estudava na mesma escola que eu, e isso fez com que tivessemos um motivo para conversar e iniciar uma amizade. A medida que o fui conheçendo me via mais apaixonada, mas não tinha coragem de revelar esse sentimento por medo de ser rejeitada. A certa altura ele acabou percebendo, Ora bolas!, metade da escola sabia que eu era caída por ele e só depois disso ele foi se dar conta! ( Homem é bicho lento).
Depois disso notei que ele me olhava de forma diferente, e eu que sempre fui ligada nesses romances estilo Júlia, Sabrina, Momentos intímos... Me senti incetivada a escrever cartas, e fantasiava as mais bonitas formas de amor. Fazia planos de toda minha vida incluindo ele, imaginava as viagens que faríamos, o desenvolvimento da nossa relação.. Tudo isso corria a solto dentro do "meu infinito mundo particular"...
A oportunidade para o nosso primeiro beijo não tardou em acontecer, Com o propósito de me dar uma “forçinha” em algumas matérias, combinamos de estudar na casa dele pela tarde. Marcamos um dia da semana, Os dias que antecediam o encontro passaram-se vagarosamente tamanha minha ansiedade, eu nunca tinha vivido uma situação assim, muito menos com o garoto que eu tanto gostava!
Cheguei em sua casa e pra minha supresa ( tá, não era tão supresa assim! haha) ele estava sozinho... Fez questão de me mostrar toda sua casa e logo voltamos para sala para o tal estudo. Aconteçeu!, e eu nem sei representar o que isso significou pra mim. Eu falava tanto devido ao meu nervosismo e ele me calou com um beijo, senti seus labios tão suaves encostando nos meus e logo sua língua, que de tão quente passou um calor pro meu corpo, foi maravilhosa essa sensação! Saí de lá como se estivesse nas nuvens...
Mas o M* não era do tipo de garoto que gostava de namorar, não estava nem um pouco afim de assumir compromisso, queria mais era beijar na boca e ser feliz, e eu queria tanto que ele fosse o meu namorado..
Ficamos nessa 'amizade colorida' durante um gostoso tempo, e sempre arranjava oportunidades para ir visitá-lo, e com ele aprendi algumas coisas a fazer com meninos! hehe...
Certo dia recebi a notícia que eu menos esperava chegar ao meus ouvidos: Ele ia se mudar!! Foi como se o chão se abrisse aos meus pés, e eu me deixasse cair num buraco tão profundo...Doeu e muito! Naquela epóca não eramos tão ligados a conectvidade, emails, msgs instantáneas, sites de relacionamento.. e com sua partida acabamos de fato perdendo contato.
Mas nossas lembranças ficam guardadas comigo até hoje, nos meus pensamentos e nos meus sonhos! Porque até hoje eu ainda sonho que o reencontro e por fim podemos dar continuidade aquele amor tão intenso que nasceu de uma amizade.

P.s: Sorry pelo post atrasado! De fato tive um problema de conexão...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 comentários:

Amapô disse...

Juro que no início eu pensei que era alguma estória mandada através do "domingo do leitor".
=D
rsss
essa sua eu não conhecia Melissa!
teamooooo

Afrodite disse...

Que história fofa de primeiro amor!
Eu confeso que mal lembro do meu primeiro,acho que foi na 1ª série...tem taanto tempo,rs..rs..
Beijo,Melissa!
Afrodite

Glauber Machado disse...

Amiga, muito legal
Parabéns

Postar um comentário

 
Powered by Blogger